É possivel viver fora e comer saudável? O que comer?

Muitas pessoas quando decidem morar fora pensam somente na questão de guardar dinheiro e acabam esquecendo do que um país novo tem à oferecer, principalmente quando o assunto é alimentação.

Foi-se a época em que a desculpa para se alimentar saudável era pelo alto custo. Hoje em dia você economiza mais quando compra alimentos “raw” e faz o preparo em casa do que se sair para ir em restaurantes ou comprar produtos congelados e prontos.

Comparado com o Brasil, a Irlanda traz uma variedade imensa e com um preço super barato de congelados tais como, pizzas, sorvetes, hamburgueres, refeições prontas são MUITO mais em conta. Contudo os legumes congelados, a alface lavada, os vegetais picados também são BEM mais baratos, por isso não existe desculpa.

Hoje em dia você acha cebola picada congelada, arroz de couve flor congelado, até abobrinha ralada em formato de macarrão para uma bela macarronada “low carb”.  É muito importante você aproveitar o que cada país oferece e usufruir dos alimentos oferecidos na época.

Em Dublin não será o país para consumira laranja mais saborosa ou o melhor mamão e muito menos a manga palmer. Porém a variedade de maçãs, berries e frutas típicas de regiões temperadas que são um absurdo no Brasil são super acessíveis aqui.

Outro exemplo são as superfoods: semente de chia, amêndoas, avocado, blueberries, salmão, linhaça e ”green powders” como o wheatgrass, moringa, chlorella e spirulina que no Brasil você acha por valores absurdamente caros e aqui você consegue comprar de sites por um preço bem mais ”camarada” que as lojinhas naturais. O mesmo serve para o Brasil, o kg da castanha custa até 5 vezes mais no supermercado do que se você comprar em um mercadão a granel. 

Quando o assunto é perder peso, muitas vezes vejo pessoas que passam 3, 4 dias com um dieta extremamente hipocalórica (menos de 1000kcal/dia)  seguida por 2, 3 dias de ”binge eating” (consumir em excesso) que acabam destruindo o metabolismo e estagnando no mesmo peso por anos (quando não aumentam!). 

A verdade é que o importante é achar um equilíbrio entre o que você gosta e o que é saudável e tentar sempre ser ATIVO. Nossos ancestrais acordavam e iam caçar, eles não tinham o pão com manteiga, leite e nescau prontos na mesa 2 minutos depois de acordar. Muitas pessoas se consideram ativas por caminhar todo dia 30 minutos, porém as outras 12 hrs do dia elas passam sentada em uma mesa de escritório com comidinhas industrializadas como barrinhas de cereal, chocolates, biscoitos. Muitas vezes comem por se sentirem entediadas, felizes, tristes e ansiosas, quando na verdade deveriam comer quando sentissem FOME.

Você vai me dizer que sente fome o tempo todo, né? Pois é, garanto que se você consumir 90% do seu dia a dia com alimentos tais como, legumes, folhas, frango, carne, ovo, sementes e grãos complexos você não terá essa fome constante e se sentirá muito mais disposto.

Existem dois ciclos viciosos:

O Bom:

Você se alimenta com fontes naturais, poucos industrializados, se exercita e dorme bem. Quando você se exercita, você não quer comer sorvetes, doces e pizzas pois você se sente mais ”saudável”, sendo assim evita bebidas alcóolicas pois não quer ter ressaca e consegue ter mais disposição, tem mais energia, se exercitando mais. 

O Ruim: 

Você não quer ir treinar, acaba ficando em casa, entediado e come porque está entediado, daí você come um pedaço de chocolate e acha que colocou tudo a perder e come a barra. Como você já estragou a dieta você decide beber no fim de semana, acorda de ressaca e não consegue treinar.

Percebe a diferença entre os ciclos? Nós somos os reponsáveis por cada decisão tomada, os nutricionistas e profissionais da saúde podem te ajudar e muito a desenvolver um plano específico para você e para a sua situação. Nem todo mundo precisa emagrecer, nem todo mundo precisa ganhar músculo e nem todo mundo gosta de exercício. O que faz a diferença é você achar o que te faz BEM e o que vai trazer saúde para você e para as pessoas à sua volta. 

 

Julia Massotti

Brasileira vivendo em Dublin, graduada em Nutricao e possui Diploma de Nível 3 de Fitness, onde aprimorou seu conhecimento sobre o assunto de disciplina física. Como atleta em 2005 teve a oportunidade de ir para os Estados Unidos para jogar tênis na Southeast Missouri State University.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: